Síndrome da cabeça explosiva é um distúrbio noturno que traz a sensação de que o crânio está explodindo, assim que a pessoa adormece.

A pessoa também ouve sons violentos como trovões, explosões, fogos, batidas de portas e tiros. Algumas pessoas têm até distúrbios visuais, como clarões repentinos. É tudo tão forte que faz a pessoa acordar.

Síndrome da cabeça explosiva

Pesquisas apontam que o distúrbio acontece quando o cérebro está “desligado”. Isso quer dizer que ao invés de chegar às outras etapas do sono, as células responsáveis pela interpretação dos sons param de responder de uma vez. A interrupção de processo é interpretada pelo cérebro como um barulho muito forte e acaba despertando a pessoa.

Essa síndrome pode acontecer várias vezes durante a noite, por várias noites seguidas. Pode acontecer também simplesmente em raras ocasiões ao longo da vida.

A doença ainda é considerada rara, mas pesquisas sugerem que uma em cada dez pessoas pode ser afetada em algum momento da vida.

Geralmente afeta pessoas com mais de 50 anos, porém já foi relatada também em jovens a partir dos 10 anos. É duas vezes mais comum em mulheres, e tem muito a ver com ansiedade e estresse. Pode também elevar os níveis de estresse, chegando até a taquicardia temporária e palpitações. 

A longo prazo, a maneira como as pessoas encaram os sintomas também pode gerar outros distúrbios como depressão e síndrome do pânico.

Qualquer problema relacionado ao nosso sono afeta a qualidade de vida. Não hesite em consultar um médico se tiver qualquer irregularidade ou desconforto durante o seu descanso.

Algumas  técnicas para gerenciar o estresse e promover o relaxamento muscular e mental também são muito úteis. Não hesite em falar com bons especialistas.

Existem muitas pessoas que não compartilham os sintomas da síndrome da cabeça explosiva por medo ou vergonha. Não tenha medo, é um distúrbio que afeta muitas pessoas e ele pode ser tratado.

Saiba mais sobre a apneia no blog!

Encontre os melhores aparelhos para tratamento da apneia na CPAP Vital.

Se optar pela locação, acesse VitalGas!