Antes de mais nada vamos definir a sigla do Aparelho de BiPAP ou VPAP que vem do inglês. BiPAP quer dizer: Pressão Positiva Contínua nas Vias Aéreas em Dois Níveis e pode ser usado no tratamento de diversas patologias respiratórias. Estes dois níveis de pressão se dividem em IPAP, usado na inspiração e EPAP usado na expiração.

BiPAP Automático

De antemão o BiPAP Automático tem seu principal uso no tratamento da apneia do sono, principalmente quando as pressões de tratamento são superiores a 14 cm/H2O. Se lança mão do BiPAP na apneia obstrutiva do sono também quando o indivíduo apresenta dificuldade de trocar os gases respiratórios. Ele auxilia o paciente gerando volume de ar nos pulmões, ajudando assim na troca dos gases no pulmão. O BiPAP automático tem a função de auto ajuste da pressão de tratamento, adequando assim à necessidade do paciente. Este tipo de aparelho pode ser usado também em outros tratamentos, um deles é como ferramenta terapêutica da fisioterapia. Em caso de insuficiência respiratória leve ou crônica, ele pode ser usado desde que sua indicação seja feita por um especialista.

BiPAP Com Frequência Respiratória

Primeiramente é importante saber que todo aparelho de BiPAP que possui uma função adicional, pode fazer uso ou não desta função, isso depende do operador. Os BiPAPs mais completos podem vir com vários modos de funcionamento, são eles: CPAP, BiPAP Automático, AVAPS, ST e T. Estes modos vão estar presentes em diferentes tipos de equipamentos. Quanto mais funções, maior a possibilidade de uso em diversas patologias e também maior o custo. O BiPAP com frequência respiratória (FR), pode ser usado em pacientes com apneia central ou mista, mas também pode ser usado em pacientes crônicos com uso de prótese respiratória. A função de FR é ativada de duas formas, como "backup", entrando apenas quando identifica uma ausência de esforço para respirar do paciente.

A FR pode ser usada também de modo contínuo auxiliando ou respirando inteiramente pelo paciente. Podemos ver que neste tipo de aparelho existem várias possibilidades de uso, desde uma simples expansão pulmonar à um modo de uso contínuo através de via aérea artificial

BiPAP com AVAPS ou volume garantido

Antecipadamente o termo AVAPS é usado para equipamentos da Philips Respironics, é um termo que representa o modo ventilatório, ou seja, o modo que o aparelho está programado para funcionar. Então, em cada marca de equipamento (Yuwell, Philips, ResMed, BMC e outras) os modos ventilatórios têm nomes específicos.

Os modos que garantem volume são importantes para pacientes que precisam eliminar CO2 e para isso precisam de volume corrente garantido.

Aparelhos de BiPAP Simples

São equipamentos que possuem apenas o modo espontâneo e as pressões de IPAP e EPAP. Para uso deste equipamento o paciente precisa possui "drive respiratório", que é o comando do cérebro para os músculos da respiração funcionarem.

Conheça nossas lojas:

VITALGAS