Meu pai sempre fumou muito. Assim, desde a adolescência, são maços e mais maços de cigarro todos os dias. De uns meses para cá, ele tem sentido mais falta de ar e apresentado tosse. Decidimos ir ao médico, que realizou um raio X do seu tórax e constatou que ele é portador de enfisema pulmonar.

Eu nunca tinha ouvido falar a respeito dessa doença. Você sabe o que é isso? Eu entrei em uma ferramenta de busca pela internet e encontrei a resposta no blog da Cpap Vital, a maior empresa de saúde respiratória do Brasil.

Confira a resposta que encontrei

O ato de inspirar e expirar depende de um nível de elasticidade dos pulmões. Eles inflam e depois reduzem o seu volume à medida que o indivíduo puxa o oxigênio para alimentar as células e joga o gás carbônico para fora do corpo.

Quando a pessoa é muito exposta ao tabaco ou a demais poluentes do ar, então há um comprometimento desta elasticidade.

Com isso, ocorre a destruição dos alvéolos pulmonares. Eles são responsáveis pela troca gasosa que mantém o organismo funcionando corretamente.

Porém, a degradação dos alvéolos ocorre de maneira muito lenta, o que faz com que a pessoa demore para perceber os sintomas.

Quais os sintomas do enfisema pulmonar?

Os principais sinais de uma pessoa que sofre de enfisema pulmonar são:

  • Sensação de falta de ar;
  • Chiado no peito;
  • Tosse persistente;
  • Dor ou sensação de aperto no peito;
  • Dedos das mãos e pés azulados;
  • Cansaço anormal;
  • Aumento da produção de muco;
  • Inchaço do tórax e, consequentemente, do peito;
  • Maior susceptibilidade a infecções pulmonares.

Então, é importante destacar que os sintomas geralmente aparecem a partir dos 50 anos de idade, mas podem ocorrer antes também.

Além disso, o fator mais relevante aqui é a falta de ar, que pode ser leve, apenas quando se faz algum esforço físico. Porém, ela pode ser grave, que acomete a pessoa durante o repouso e atrapalha as atividades normais do cotidiano.

Então, há tratamento para enfisema pulmonar?

Apesar de não existir uma cura para o problema, o enfisema pulmonar pode ser tratado com a ajuda de um pneumologista.

Então, o especialista orienta para o uso de medicamentos broncodilatadores, corticoides inalatórios ou outros remédios. Assim, a qualidade de vida melhora e retarda a progressão do distúrbio.

Além disso, a principal dica é parar de fumar e de ficar exposto a outros gases nocivos aos pulmões.

Como está a sua saúde pulmonar? Então, comente aqui e continue acompanhando nosso blog!

Entenda como funciona a Apneia do Sono e como tratá-la

Saiba como a Apneia do Sono atrapalha a sua vida