A apneia do Sono é um distúrbio que afeta boa parte da população mundial. Mesmo assim, muitas pessoas nem sabem que têm o problema, pois acham que o ronco da noite é algo natural.

Outros levam na brincadeira e não se importam que possivelmente estão perdendo qualidade de vida e oportunidades de aproveitar melhor as tarefas do cotidiano.

No entanto, o fato é que a Apneia do Sono atrapalha a oxigenação do sangue e causa uma série de transtornos. Por isso, ela pode afetar até mesmo o seu casamento. Ou seja, não dá para menosprezar este problema.

Mas quais as principais características da Apneia do Sono?

A Apneia ocorre quando há um bloqueio do transporte de ar nas regiões respiratórias de um indivíduo.

Então, os pulmões não conseguem absorver bons índices de oxigênio, o que prejudica todas as funções das células do corpo.

Além disso, este bloqueio causa falta de ar e sensação de sufocamento na pessoa que está dormindo.

O resultado disso é mal-estar e cansaço extremo durante o dia, sonolência diurna, ronco, dores de cabeça e dificuldade para entrar em sono profundo.

Assim, vamos falar um pouco sobre dois tipos diferentes de Apneia que podem acometer uma pessoa: a mista e a central.

Apneia do Sono Mista

A Apneia do Sono Mista é o tipo menos comum da doença. Ela ocorre quando há uma obstrução das vias aéreas do paciente juntamente com uma diminuição do esforço respiratório.

Com isso, o portador puxa o ar, mas ele é bloqueado, ou então ele não consegue puxar o ar adequadamente. São duas situações diferentes.

Apneia do Sono Central

A Apneia do Sono Central também não é muito comum de ser encontrada, mas ela aparece geralmente devido a algum fator de saúde que dificulta o processo de comunicação entre o cérebro e as áreas responsáveis pela respiração.

Este é um distúrbio respiratório que atrapalha o fluxo de ar por um período igual ou superior a 10 segundos. Neste cenário, é possível observar que o indivíduo não apresenta esforços respiratórios.

Os portadores da apneia central apresentam insônia, sono fragmentado e até mesmo hipersonolência.

Como está a sua noite de sono? Você tem conseguido respirar adequadamente? Então, comente aqui e não esqueça de continuar acompanhando o nosso blog!

Entenda como funciona a Apneia do Sono e como tratá-la

Saiba como a Apneia do Sono atrapalha a sua vida